sábado, 29 de julho de 2017

Livro "Namorado de aluguel"

Namorado de aluguel é uma leitura muito leve e cativante, é aquele tipo de livro que você não quer parar de ler. Consegue ser um tanto "intrigante" e ao mesmo tempo um clichê mega fofo, onde você não suporta uns personagens e se apaixona completamente por outros. Quando terminei eu disse "já acabou?!"



Autora: Kasie West
Número de páginas: 250
SinopseQuando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. 
O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. 
E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento. 
Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.


Como presidente do conselho estudantil de sua escola, Gia é uma garota super popular e tem aquela história de "zelar sua reputação" até aí esta tudo ok, certo? NÃO! Gia não estava mega preocupada com o que o pessoal da escola ia pensar e sim com o que as "amigas" dela, as quais ela tinha passado os últimos meses comentando sobre seu namoro, iriam achar dela entrar sem o tal namorado de que tanto falava. Nesse ponto - primeiras páginas - eu já fiquei pensando "Se são tão amigas, qual o motivo para não acreditarem nela?" Então ai vem o que era pra ser uma justificativa: Jules! Nova "integrante" do grupo de amigas de Gia que estava sempre alfinetando e duvidando do fato de Gia realmente namorar com Bradley. 

"— Eu posso te pagar.
  Ele levantou as sobrancelhas
 — Eu tenho certeza que existem serviços pra isso. Tente ligar 0-800-GAROTOSDEPROGRAMA ou algo assim.
— Você sabe o número de cabeça?"


Gia vê sentado no carro sozinho (havia acabado de deixar sua irmã, Bec, na formatura) um garoto, logo pensou que seria uma ótima solução. As meninas não conheciam Bradley pessoalmente, logo, aquele garoto seria o Bradley! Pelo menos por aquela noite, né? Resumindo, tudo estava indo muito bem, eles haviam feito tudo como combinado, até que Gia se vê retribuindo o favor a pedido de Bec. Sim a irmã pediu - obrigou - para ela retribuir o favor. É ai que a coisa toda começa.



"...- Raramente encontramos profundidade quando a procuramos dentro de nós mesmo. A profundidade é encontrada no que podemos aprender com as pessoas e as coisas que nos cercam. Todo mundo, todas as coisas, têm uma história, Gia. Quando você conhece essas histórias, descobre experiencias que a preenchem, expandem sua compreensão. Você acrescenta camadas a sua alma."

O desenvolvimento da história é muito bom, o casal consegue não ser aquele casal exagerado, sabe? Ela tem uma família que coloca aquela faixa de "Família perfeita de comercial de café da manhã" porém escondem seus problemas reais e reconhece e o bom é que ela não dramatiza isso, lida bem inclusive. A junção disso com o lance das amigas casou um amadurecimento muito notável nela.

"Naquele instante eu entendi o Drew mais do que nunca. Sempre pensei que ele gostasse de criar confusão, mas talvez meu irmão só quisesse expressar uma opinião diferente. E talvez fosse a hora de eu começar a expressar a minha."




O livro traz uma mensagem legal sobre nos importarmos tanto com a nossa imagem na visão dos outros, fala sobre vivermos de aparências, amizades e família. Acho importante citar esse ponto aqui.


Amei o livro e super recomendo! 

Até o próximo post, beijos <3 





















4 comentários:

  1. Esse livro é mesmo incrível! Por mais despretensioso que ele se mostre, ele trás essa mensagem série sobre amizade e até que ponto vamos para manter uma imagem "positiva" na frente das pessoas que nos cercam! Amei que você também tenha amado Bruh! Louca para ver você lendo outros livros como esse, já tenho uma lista enorme para te indicar aqui!

    Beijos
    Dani Cruz
    www.blogemcomum.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por essa e outras indicações, sempre amo! POde mandar a lista haha <3

      Excluir
  2. As vezes a gente precisa de uma leitura mais leve mesmo...

    Se quiser participar e/ou divulgar, separei um presentinho ara uma leitora lá no blog: https://oblogdafenixx.blogspot.com.br/2017/08/sorteando-blog-esta-de-volta.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, romance é ideal para isso <3
      beijos, brubs

      Excluir